Homepage

A.C. Alfenense 1 – Sporting Clube da Cruz 2

Ludgero Costa
2 de maio de 2012

 

Hoje quando falta uma jornada para o fim da 2ª serie do Campeonato da 2ª Divisão Juniores B “Juvenis”, da Associação de Futebol do Porto, apuramento do 25º ao 32º lugar, os nossos miúdos lideram a tabela classificativa com quatro pontos de diferença para o segundo classificado, o que representa que somos a 25ª melhor equipa de “Juvenis” da segunda divisão da Associação de Futebol do Porto num universo de 88 equipas que terminaram o campeonato da época 2011/12.   

         Fazendo uma reflecção sobre a época que está a terminar, podemos dizer que estamos com saldo positivo, mas também ficamos com um gosto amargo pois sabemos que podíamos ter feito muito melhor.

         Posso chamar “Campeões” a estes 14 miúdos que tiveram a coragem de continuar a lutar semana após semana para conseguirmos atingir os nossos objetivos, conseguimos provar que uma equipa disciplinada é uma equipa vencedora, conseguimos provar que a disciplina faz parte da educação de um jovem e torna melhor o atleta, conseguimos mostrar que o Sporting Clube da Cruz faz excelentes jogadores que encaram todos os jogos como um objetivo a superar, soubemos mostrar que não necessitamos daquelas “vedetas”, que sem treinarem, queriam jogar, queriam ser titulares, desmotivando aqueles que estavam presentes em todos os treinos a quem ainda tinham a coragem de apelidar de fracos, esses “fracos” quando tiveram uma oportunidade de mostrar o que valiam, mostraram a fibra com que se faz uma equipa e acabaram por provar que fracos são os que desistem, fracos são os que não respeitam os adversários e muito menos respeitam os colegas de equipa, fracos são aqueles jovens que perdem a noite numa discoteca, que chegam á hora do jogo ainda embriagados e deitam por terra toda a espectativa e esperança de uma semana de trabalho, é desses fracos que um clube não pode ser dependente e é por causa de muitas vezes alimentarem o orgulho desses fracos não vamos mais longe nas nossa conquistas. 

         Não posso negar que quando esta época começou no dia 25 de Setembro de 2011 o sonho da equipa técnica era fazer subir de divisão este grupo de miúdos, mas perdemos pontos onde não devíamos, perdemos muito tempo a limpar o balneário, dando muitas chances a jogadores que não as mereciam, que não merecem o sacrifício que este clube, dirigentes, treinadores, massagistas fazem para lhes proporcionar a hipótese de praticarem desporto, de jogarem futebol a um nível bastante competitivo sem nada pagarem do seu bolso.

Depois da limpeza feita continuamos a lutar pela subida, mas a falta de sorte, alguns erros de arbitragem que nos prejudicaram, e sobretudo alguma falta de confiança dos miúdos que até ai era suplentes, não nos permitiu acalentar o sonho, ficamos em quarto lugar, faltava provarmos que eramos os melhores dos quartos e mostramos, penso que terminar em 25º de 88 é muito bom.

         Mas provamos ainda nesta época quando vencemos o Torneio da Pascoa de São Jacinto, com equipas da 1ª divisão, mostramos que tínhamos equipa para defrontar qualquer adversário de olhos nos olhos. 

         Mostramos que somos campeões quando chegamos a casa com o orgulho inchado cheio de elogios da nossa qualidade como equipa, somos campeões quando temos a coragem de mudar a velha imagem de equipa de bairro, cheia de jogadores mal comportados e arruaceiros, ainda ontem fiquei cheio de orgulho neste campeões, quando li no site “zerozero.pt” neste link que podem consultar http://www.zerozero.pt/jogo.php?id=2193995 este elogio a esta equipa e passo a citar:

Uma última palavra para o jovem treinador do Cruz. Fiquei positivamente admirado pela postura dos seus jogadores, que muito contrastam com a imagem que o Cruz foi passando ao longo dos anos. Guerreiros sim, mas respeitadores dos adversários. Com uma postura de correção como se vê poucas equipas a este nível. Ainda bem que uma nova geração de treinadores vai tomando conta dos destinos destes Clubes e transmitindo os valores do desporto e da sã competição, fazendo esquecer as velhas posturas que pouco tinham de desportivo. “   

Estou convencido que estamos no caminho certo para traduzir em “títulos” e “campeonatos” esta nova realidade de atletas que temos o prazer de ajudar a formar como homens melhores, amanhã.

Em relação ao jogo com o A.C. Alfenense, posso referir que foi um jogo sofrido, que foi necessário muito querer e sofrimento para conquistar os preciosos três pontos, porque o Alfenense possui uma equipa muitos boa com jogadores que se destacam pela sua técnica e porte atlético, o jogo foi equilibrado, onde as defesas era quem mais sofria, pois presenciava-se um bom jogo de parada e resposta, o Cruz esteve a perder, quando aos 67 minutos foi inaugurado o marcador na marcação de um pontapé de grande penalidade, que desta vez o Miguel Carvalho não conseguiu defender.

A diferença no marcador fez a nossa equipa se agigantar, e aos 76 minutos o Orlando Amaral repôs a justiça no marcador ao entrar na área e desfeitear o guarda-redes contrário, nesta fase do jogo os nossos miúdos estavam melhor e aproveitando esse ascendente numa jogada de insistência dentro da área do Alfenese, o Bruno Sousa marcou o segundo golo para o Cruz, e fixando o resultado final.

Foi um jogo de nervos, com duas expulsões para cada lado, porque os nervos estavam á flor da pele e alguns atletas ainda não aprenderam que a equipa de arbitragem é soberana, não adianta reclamar e quando se pede cartões para o adversário esse mesmo cartão acaba por nos cair em cima, é premente corrigir este pormenor.     

No próximo domingo pelas 11 horas da manhã os nossos miúdos vão disputar o último jogo oficial desta época contra o SC Rio de Moinhos, embora já tudo esteja decidido conto com uma prestação muito forte dos nossos “campeões” que querem continuar a marcar golos, ganhar jogos e sobretudo querem proporcionar a todos os pais e adeptos que nos acompanham um bom espetáculo de futebol, estes meninos querem continuar a sentir a adrenalina dum jogo de futebol e desejam continuar a ganhar, para isso contam com o seu apoio caro leitor, pois só com a força de um conjunto unido é que somos vencedores e continuaremos a ser melhores e a crescer como clube e como equipa com a sua preciosa ajuda.

Força Cruz, Força Campeões…

Adicionar comentário


Receber novidades