Homepage

SC Cruz 5 – C.D. Sobrado 0

Ludgero Costa
9 de abril de 2012

Numa manha quente de Março, com temperaturas acima da média, os nossos miúdos levaram de vencida mais um adversário, no apuramento para o melhor quarto classificado.

Continuamos com um grupo reduzido, tanto por lesões como por castigos, mas com muitos trabalho e empenho vamos conseguindo suprimir as dificuldades de um plantel tão pequeno, mas como diz o ditado mais vale poucos e bons, do que muitos mas conflituosos e sem espirito de equipa.

Este jogo de domingo, que esperávamos ser complicado em virtude do resultado que o CD Sobrado tinha realizado na semana anterior, acabou por se tornar um jogo fácil e com um resultado bastante fraco para tantas oportunidades criadas pela nossa equipa, basta vermos que três dos golos foram obtidos na marcação de grades penalidades indiscutíveis, porque só recorrendo sistematicamente á falta é que o Sobrado conseguia travar a nossa força de ataque.

A jogar em casa, a nossa equipa tomou conta do jogo logo desde o primeiro minuto, com uma linha defensiva muito segura, que esta semana não comprometeu em nada, com um meio campo criativo e na frente de ataque pela segunda semana consecutiva aquele que tem sido uma agravável surpresa o “Pinto”, a jogar como “outsider”, dando imenso trabalho aos defesas adversários, permitindo a entrada dos laterais e dos médios, que muitas vezes apareciam soltos de marcação na frente de ataque.

A nossa vitória começou a desenhar-se logo aos 4 minutos com a marcação de um livre pela direita, sendo a bola bombeada para o centro da área, onde apareceu o “Huguinho” a fazer o golo inaugural de cabeça entre os centrais do Sobrado.

O Sobrado é uma equipa com atletas muito bem constituídos fisicamente, mas que recorreu exageradamente ao jogo duro, quase roçando o violento para atemorizar e tentar travar o poder criativo da nossa equipa, sendo por isso castigada com a marcação de três grandes penalidades, a primeira ao 23 minutos convertida pelo Bruno Sousa, a segunda aos 60 minutos, convertida pelo “Xixa” e a última aos 79 minutos muito bem marcada pelo “Pinto”, de realçar que já a segunda penalidade tinha sido conquistada pelo mesmo “Pinto”.

Ainda tivemos tento para assistir a mais uma magnifica arrancada do Orlando Amaral, que deu o 3º golo da nossa equipa, aos 35 minutos.

Enfim, foi um jogo que se previa difícil, mas que acabou por se tornar fácil, o que prova que quando jogamos em equipa, com espirito de união e trabalho, somos mais fortes.

Na próxima semana teremos pela frente o CCD Sobrosa e queremos mostrar novamente esta raça que nos faltou em alguns jogos do campeonato e que talvez nos pudesse ter permitido um lugar no topo da tabela.

Contamos com a sua presença na bancada a puxar e a incentivar-nos, porque todos juntos somos mais fortes.

 

Força Cruz

Adicionar comentário


Receber novidades