Homepage

Clube Desportivo Candal 3 – Sporting Clube da Cruz 0

Ludgero Costa
18 de outubro de 2011

Um azar nunca vem só !!!

 

         Nunca este velho ditado esteve tão certo como nesta ultima semana dos nossos Juvenis.

Passo a explicar, durante toda a semana de treinos vários foram os atletas que se transformaram em baixas para este jogo tão importante, em que aspirávamos pelo 1º lugar na classificação, ou na pior das hipóteses pela manutenção do 2º lugar e um possível afastamento das restantes equipas concorrente.  

Devido às várias ausências por lesões e doença, com alguns atletas em sub-rendimento, recuperados à última da hora para não descaraterizar ainda mais a equipa, (aproveito para expressar o meu muito obrigado a esses atletas pelo seu esforço, tanto nos tratamentos extra a que foram sujeitos, como aos que mesmo em défice físico apareceram no domingo pela manhã para ajudar a levar de vencida mais um jogo que sabíamos seria difícil), e se o jogo era difícil, mais difícil ficou quando constatamos que a equipa apresentada pelo Candal, não era a que habitualmente disputaria a 2ª Serie do Campeonato da AF Porto Juniores B - 2º Divisão, mas a equipa que disputa o Campeonato Nacional Juniores B - Série B, porque o campeonato nacional de Juniores se encontra parado até dia 16 de Novembro e os Juvenis da equipa A do Candal não podem perder o ritmo, nada melhor que faze-los jogar contra equipas de uma realidade muito diferente e de outro campeonato e já agora ajudar a subir na classificação a equipa do Candal B.

Eu sei que isto que aconteceu é permitido, sei que muitos clubes que possuem varias equipas a disputar vários campeonatos do mesmo escalão (Juniores B) por exemplo, fazem isto constantemente quando os campeonatos mais difíceis param e é necessário que os atletas não percam o ritmo, porque um atleta quando é inscrito, é inscrito pelo seu escalão de idade e não fica identificado para uma equipa A, B ou C do mesmo clube, mas dos ser permitido ao ser ético para mim vai uma diferença enorme, senão vejamos…

Será que as equipas do nosso campeonato que já jogaram com o Candal defrontaram a mesma equipa com que nós jogamos no domingo?

Em caso de ser negativa a resposta, não estarão essas equipas a ser beneficiadas em relação ao SC da Cruz? 

Bem voltemos á cronica do jogo, pouco há a dizer depois do que já foi escrito, penso que perder só por 3 golos e sabendo a diferença das duas formações é quase uma vitória, quando os melhores jogadores em campo foram: Pinto (guarda-redes), Ludgero (defesa direito), Tiago Costa e João Mendonça (defesas centrais) e Rui Rosa (defesa esquerdo), pouco se pode escrever.

O Bruno Sousa, o Miguel Oliveira, o Orlando Amaral ainda tentaram dar algum ânimo a esta equipa com as suas arrancadas e em jogadas de um para um, mas que infelizmente eram mortas quase á nascença tal era a diferença de qualidade e de futebol praticado pelo Candal do Campeonato Nacional.

Caros leitores o campeonato continua e continuamos com a certeza de estarmos mais fortes, porque o que não nos derruba endurece-nos, e no próximo domingo teremos pela frente o Clube Desportivo do Torrão, que espero sirva para relançar esta nossa equipa na senda da vitória.

O próximo jogo será no Domingo no Campo do Outeiro, pelas 9 horas da manhã, contamos consigo para nos ajudar a vencer, juntos somos mais fortes.

Força Cruz, contra tudo e contra todos.


Receber novidades